ADFLY

ADFLY

quinta-feira, 28 de agosto de 2008

História do sax

História do sax


O sax é um instrumento de sopro inventado em 1840 pelo belga Adolphe Sax, um respeitado fabricante de instrumentos, que viveu na França no século XIX.


Adolphe começou sua educação formal na Royal School of Singing em Bruxelas. Lá ele também estudou flauta e clarinete. O pai de Adolphe, Charles concentrou suas energias na sua fábrica de instrumentos para ir ganhando a vida, enquanto Adolphe ia experimentando novos designs com a finalidade de criar novos instrumentos.

Sax termina, em 1834, o aperfeiçoamento do clarinete-baixo, também conhecido como clarone. Talvez daí viesse a idéia de fabricar um novo instrumento, pois o formato do clarone e o do sax são bem semelhantes.


Mas o primeiro sax nasceu quando Adolphe adaptou uma palheta de um clarinete ao bocal de um oficlide (um predecessor da tuba em forma de U). O resultado foi um sax-baixo. A partir deste, Adolphe Sax criou o restante da família. O sax é um dos poucos instrumentos que foram "inventados".

Historiadores estão de acordo que Adolphe Sax projetou e construiu o sax por volta de 1840. O esboço básico deste instrumento nunca mudou, embora muitos aperfeiçoamentos tenham sido feitos. Dessa incrível habilidade criativa nasceram o Sax Horn (uma espécie de tuba) e os saxofones.


O sax foi patenteado em 1846 incluindo 14 variações. Em 1858, Adolphe Sax torna-se professor do Conservatório de Paris, onde começou a lecionar e propagar os ensinamentos do instrumento.

Porém, Adolphe nunca ficou rico. Devido ao seu sucesso, os concorrentes, de olho nos lucros, lançaram uma tremenda campanha contra ele. Entre outros golpes, acusaram-no de ter roubado a idéia do sax, subornaram músicos para boicotar os seus instrumentos e fizeram com que os compositores deixassem o sax à margem das salas de concerto. Adolphe sobreviveu aos ataques até que, em 1870, sua patente expirou e qualquer um pôde fazer sax.

Desde então, vários são os tipos de sax que existem no mundo musical e que dão uma variedade de sons e timbres nos diferentes estilos musicais onde o sax é inserido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os leitores são responsáveis pelos seus comentários postados neste site.
O AjaSax não se responsabiliza pelo conteúdo colaborativo apresentado e ainda se reserva ao direito de deletar, sem aviso ou consulta prévia, comentários com conteúdo ofensivo, palavras de baixo calão, spams ou, ainda, que não sejam relacionados ao tema proposto pelo post do blog ou notícia.